Loading...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009




Pressinto
que estou
me afogando
nesta dor
que me
consome ...
Ah, solidão
que não passa ...
Onde andas tu ?
Preciso tanto
de ti ...


********

E rondo
nestas luas cheias
pra encontrar
teu Amor e carinho


*********


E abandono minh'alma
na ausência
que se enche
da tua presença ...
Entrego o corpo à saudade
de um momento,
que se encontra
suspenso
neste tempo ...


2 comentários:

Sandra Waihrich Tatit disse...

Cria poetisa , encantada com a tua doce fala poética , parabéns , Sandra

Sandra Waihrich Tatit disse...

Cria , amei a tua visita , fiquei feliz mesmo , sinto a impressão que te conheço há muito tempo , obrigada de coração , tenhas um ótimo fim de semana , beijos , Sandra