Loading...

sábado, 19 de junho de 2010

SARAMAGO





Passado, Presente, Futuro


Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
Tão marcados de tempo e macaréus.

Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.

Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.
(José Saramago, Os Poemas Possíveis)





** A tristeza se abateu ...

Pequena homenagem a este ícone da literatura





Ame
mas,
LIBERTANDO, sempre!!



****
******
****



O Amor
é assim, mesmo ...
Louco,
irreverente,
esparramado,
grandioso ...

Deixa assim,
com esta sensação
poderosa
de viver a vida,
cada vez mais
intensamente !!

quarta-feira, 16 de junho de 2010



... Extrato
de pura essência
que evapora
ao tocar a alma
e segue
se unindo
às nuvens,
cristais em suspensão,
volatizando um querer ...
Química de Poesia ...



A emoção
toma conta
do seu dizer,
que flui
em asas de borboletas
leves, cintilantes ...

São palavras
perfazendo a poesia ...

terça-feira, 15 de junho de 2010


Vai,
decifra
o que o meu coração
quer ...
**
****
*******
****
**

E
na estrada
da vida
eu vou,
até
te achar ...

domingo, 13 de junho de 2010




Assim é
tua presença
uma luz,
intensa,
de alto brilho
depositada
no meu coração ...

*******
***********
*******

Me acordei
com vontade de chorar ...
Tu não estavas aqui
pra me amparar ...