Loading...

terça-feira, 28 de setembro de 2010

















Sentimento
a se debruçar
no muro de palavras
sobrepostas ...
Poesia,
miragem tão próxima
a ser alcançada
com as mãos ...

7 comentários:

Fátima disse...

Oi Cria,
Belíssimo e com muito para pensar.
Adoro tuas poesias minimalistas... e elas dizem tanto!!

Beijos meu

To Quim disse...

Não é a quantidade de palavras que faz a essência daquilo que precisamos dizer aos outros.
Lindo este poema.
Votos de um feliz fim de semana.
Bj

ΛмeвΛ disse...

Que lindo.

Prazer, ΛмeвΛ!

ErikaH Azzevedo disse...

..A escorrer pelos dedos.
Mãos que escrevem sentimentos.

Esse entre os teus foi o que eu mais gostei.

Um beijo flor.

Erikah

Barone disse...

Adorei o poemita.

Anônimo disse...

Show de Bola!
Mariah.

Angel disse...

Que belíssima definição! Algo assim só poderia ter vindo de alma poeta...

Abraço!