Loading...

domingo, 8 de agosto de 2010


Carinho
que mostra
caminhos largos,
abraços apertados,
ânsias libertas,
bocas entreabertas ...
Carinho em cada olhar
iluminado pela Poesia nascente,
num limiar entre
a serenidade e a loucura
do verso ...

4 comentários:

Leca disse...

Carinho é assim...
mesmo...
serenidade...e...
loucura

Beijos
Leca

aluisio martins disse...

nascente que desagua mundos no mar dos sentimentos bonitos...
belo
beijo

Sophi (para os íntimos) disse...

Mergulhei nos teus versos!

Beijo enorme Cria...

Fátima disse...

Num belíssimo verso, que diz tudo tb em seu reverso.

Beijos meu, cria.