Loading...

terça-feira, 10 de agosto de 2010


O tropeço adormece
a realidade,
criando um sonho
de verdade ...
A dor sonolenta
se deita na cama
de lamentos pretéritos ...
O Amor saltita
pra vida
na ponta dos pés ...

Um comentário:

Nilson Barcelli disse...

"O Amor saltita
pra vida
na ponta dos pés ..."
Excelente poema, gostei imenso.
Querida amiga, bom resto de semana.
Beijos.