Loading...

sábado, 5 de junho de 2010






Minhas palavras
não te deixam fenecer,
elas te levantam
pra ver o sol nascer
te acordam
com poesia
servida
em bandeja de prata ...

Minhas rimas
te acompanham
em banho de espumas
no mistério da lua,
na orla do mar ...

Um comentário:

SolBarreto disse...

Ou seja acompanham em qualquer lugarque va....
Lindo!
Amei!